terça-feira, 10 de abril de 2018

Chegou a hora de Defender Tokyo

A Revista Tokyo Defender surge no cenário do RPG nacional como a mais nova revista digital voltada para o sistema brasileiro de RPG mais querido entre os jogadores e fãs de animes, o 3D&T, atualmente na sua versão Alpha. A revista Tokyo Defender, surge através da dedicação e esforço de Alex Marshall e Alberto Chechter e distribuída inteiramente de graça. Com intuito de levar adiante a revista e divulgar o trabalho dos mesmos, estou aqui disponibilizando as 3 edições já publicadas. Aqueles que ainda não baixaram as edições podem dar uma conferida na página do Facebook. Não deixem de curtir e divulgar.










segunda-feira, 12 de março de 2018

5 Coisas que Podemos Aprender com Terry Pratchett

No dia 12 de março de 2015, o mundo perdia Terry Pratchett, mas além dos inúmeros livros escritos ( traduzidos para mais de 38 idiomas), seus personagens carismáticos, ele deixou algumas lições de vida através de seu exemplo de vida.

Através dos seus livros e campanhas, Sir Terry Pratchett nos inspira a celebrar o melhor que há em nós, e nos esforçamos para sermos a cada dia melhor. O que temos abaixo são algumas dicas para ser mais como esse escritor e como aplicar isso em nossas vidas e WHY NOT no RPG?

A matéria que você vai ver abaixo foi originalmente publicada você pode ver nesse link: https://www.penguin.co.uk/articles/features/2017/apr/five-ways-to-be-more-terry/




Ter compaixão com os outros.


O Mundo do Disco ( Discworld no original) é cheio de espécies fantásticas - lobisomens, anões e trolls apenas para citar alguns - e nos livros nós vemos a amizade florescer entre esses seres e o preconceito que eles devem superar. No mundo real, Terry era uma administrador regular da Orangutan Foundation UK, e viajou para Bornéu com o Channel 4 para levantar fundos para essa causa. Ambas suas palavras e ações são uma lembrança que nós podemos ajudar mais nossos colegas terráqueos, ainda que eles sejam de espécies diferentes, ou apenas humanos que vivem uma vida diferente da nossa.

No RPG pode existir preconceitos entre as raças: elfos não gostam dos anões e se sentem superiores aos seres humanos, os anões não confiam nas outras raças, os minotauros são escravistas, e etc. Mas isso deve ficar restrito apenas a relação entre os personagens dos jogadores e NPC's. A partir do ponto em que isso passa a ser uma coisa entre os jogadores e não seus personagens, alguma coisa muito errada está acontecendo na sua mesa, e é preciso intervir. A compaixão e um pouco de empatia é sempre a melhor escolha ao lidar com outra pessoa, seja na mesa de jogo ou em qualquer lugar.

Explorar a sua criatividade


"Histórias com imaginação tendem a incomodar aqueles que não tem" - The Ultimate Encyclopedia of Fantasy
Seja corajoso e criativo em qualquer meio que funcione para você, esteja criando sua própria obra de arte ou escrevendo, ou apenas resolvendo problemas de uma nova forma que lhe seja interessante.
"É a imaginação e não a inteligência,
que os torna humanos" - O Morte.

Seja um pouco menos critico com você mesmo e explore sua criatividade, não se importe também se está copiando algo de algum livro ou filme, o jogo é sobre se divertir, não sobre ser o mais original. Sempre de asas a sua imaginação. por mais boba que uma ideia pareça a principio e acredite quando digo, isso pode render coisas fantásticas. Caso Terry Pratchett tivesse ligado para as críticas, a série de livros Discworld talvez nunca tivesse tido nenhum livro publicado, por que oras bolas, onde já se viu um mundo que é um disco, apoiado na costa de 4 elefantes que viajam no espaço sobre as costas de uma tartaruga gigante?  Aquela sua masmorra que você começou a esboçar, ou aquele NPC que vai contra todos os arquétipos, estão só esperando para vir para a mesa de jogo, e para dar aquele toque, porque não um desenho dele na ficha? Qualquer meio que sua criatividade encontre para ser expressada, deve ser usado. 



Mantenha o seu senso de humor


A série de livros que apresenta o Mundo do Disco, desafia as normas sociopolíticas enquanto mantém a sagacidade e humor de Terry, algo que ele manteve mesmo enquanto estava enfrentando o Alzheimer. "Meu nome é Terry Pratchett", ele começou dizendo em um dos seus documentários, " ou pelo menos eu acho que é".
Sempre há um lado engraçado para se ver, desde que você esteja preparado para vê-lo.
Dentro de todo velho, existe um jovem
se perguntando: " O que aconteceu?"
Faltou um jogador no grupo? Você perdeu um livro no ponto do ônibus? A namorada de um jogador rasgou uma página que mostrava a semi-deusa Victory seminua? A aventura tinha um tom sério mas o grupo tende para a galhofa? O grupo faz sempre o oposto do que você planejou na aventura só para te sacanear? Um jogador disse que você não sabe mestrar? Tudo bem. Tudo bem, não há motivo para choro ou frustração. RPG foi feito para ser divertido e se não estão se divertindo estão jogando errado. Quando coisas assim acontecem, talvez seja hora de dar oportunidade para outra pessoa mestrar, ou jogar outra coisa, para colocar tudo em perspectiva.  Algumas coisa são inevitáveis e desagradáveis, mas isso é só no momento. Tenha em mente que uma hora você vai estar contando isso para seus amigos e rindo disso.



Usa a raiva como uma força para o bem


Terry tinha muita raiva das injustiças no mundo, e usava essa mesma raiva como combustível para seus livros e campanhas. Neil Gaiman uma vez chegou a escrever em sua introdução para Slip of the Keyboard ( Um Deslizamento do Teclado):
" Ele vai se enfurecer, e quando a raiva sair, vai estar voltada para muitas coisas: estupidez, injustiça, tolice humana e a falta de visão, não apenas o morrer da luz. E, de mãos dadas com a raiva, com um anjo e um demônio andando em direção ao por do sol, haverá amor.

Você sempre pode canalizar sentimentos negativos  como a raiva e a frustração em coisas mais produtivas.  Ajude outras pessoas e se torne menos egoísta. Deixe de ser a vítima mesmo que não seja possível tomar as rédeas da situação. Se o seu grupo de RPG está debandando e você se sente infeliz com isso, você sempre pode pegar todo o material que vocês jogaram e publicar, divulgar para outras pessoas. Você pode ajudar pessoas a ingressarem no hobby ou mesmo usar o RPG como uma ferramente para ensinar outras pessoas algo novo (Matemática e História só para começar). Não há nada mais gratificante do que isso.
Sempre busque dar uma finalidade para suas ações. Ações e objetivos são os principais inimigos da negatividade que provém de sentimentos ruins como a raiva e a frustração Sentimento muito humanos. Terry Pratchett até mesmo chegou a escrever em um dos seus livros " Os maiores triunfos e tragédias da humanidade, não aconteceram por que as pessoas essencialmente boas ou más, mas por que eles eram essencialmente pessoas". Os sentimentos serão sempre os mesmos, mas cabe a vocês escolher o que fazer com eles. 

Nunca desistir e ser mais eu mesmo a cada dia



Em essência, ser como Terry Pratchett é ser mais você mesmo, independente daqueles que virão a dizer que você não é bom o suficiente. A professora do primário,uma vez disse a Terry que ele não realizaria nada, ele não tinha nenhuma nota A quando terminou a escola; mas até o final de sua vida, ele conquistou 10 doutorados honorários, um título da cavalaria e uma cátedra de professor. Em seu trabalho inicial, ele ignorou os críticos que não viam valor em seu mundo de fantasia; agora seus livros foram traduzidos para mais de 38 idiomas e venderam mais de 85 milhões de cópias em todo o mundo.
Ser ruim em alguma coisa é o primeiro passo para ser bom nisso algum dia. Não desistir e persistir naquilo que se gosta é muito importante, e você só conseguirá algo assim se fechar seus ouvidos para as críticas destrutivas e em especial as autocríticas destrutivas. Não seja seu inimigo, tenha paciência consigo mesmo e com seus erros, encare-os e frente e aprenda com eles.
As opiniões externas podem te puxar para baixo, às vezes no meio de dezenas de elogios uma crítica põem tudo a perder, mas não desanime se você está fazendo algo que gosta. Um dia tudo isso vai ser recompensado. " O principal ingrediente do sucesso é não saber que o que você está tentando não pode ser feito".

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Adaptação de Pokemon para 3D&T

Esses dias mesmo foi dia do RPG ( dia 24 de fevereiro) e hoje é o Pokemon Day, então por que não juntar essas duas coisa baixar essa  adaptação com mais de 300 Pokemon ( até a terceira geração) adaptada para 3D&T. Essa adaptação foi originalmente publicada em 2013 mas o material dela ainda pode ser usada sem muita dificuldade por mestres e jogadores de plantão. Então é hora de pegar suas pokebolas, pokeagenda e partir na sua jornada para ser um mestre, seja de RPG ou Pokémon!

Iniciativa 3D&T Alpha - 3 Edições Completas

Dia 7 de março de 2017, a terceira e ultima edição da Iniciativa 3D&T foi publicada. Celebrando um ano das três edições publicadas, estou republicando elas aqui. Todas estão liberadas para download, tanto aqui pelo Issu, como no site da Geração Alpha
















E aí? O que acharam? Qual foi a melhor matéria/edição publicada? Deixe sua opinião nos comentários!

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF