Mostrando postagens com marcador Kit. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Kit. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Novo Kit: Serial Killer Sobrenatural





Serial Killer Sobrenatural.


Requisitos: Morto-vivo, Yokai ou Meio-Yokai; Imortal, Maldição. 
Função: Atacante ou tanque.





Não basta ser um psicopata e serial killer normal, é preciso ter sido amaldiçoado, mexido com magia negra ou uma morte violenta. Talvez tudo isso junto e pronto, temos um serial killer sobrenatural. Suas motivações e métodos são variados, mas os resultados costumam ser um só: séries de pessoas brutalmente assassinadas e as autoridades descrentes sem saber quem pode ser o homicida.
Pode até ser que você venha a ser derrotada e destruído, mas isso só dura por algum tempo ( ou até alguém filmar uma continuação.


Dilacerar: você jamais se deixa levar por qualquer tipo de “contenção” que guie as pessoas normais. Gastando 1 PM e fazendo um ataque corpo-a--corpo, você ganha +1d na Força de Ataque.



Presença Aterradora: você pode lançar a magia Pânico mesmo sem atender a todos os pré-requisitos (Manual 3D&T Alpha, pág. 106), pela metade do custo em PMs.

Tanque de carne: você consegue ignorar a dor de seus ferimentos e continuar lutando quando outros já teriam caído. Você não precisa fazer um Teste de Morte quando chega a 0 PV. Em vez disso, role 1d6. Caso o resultado seja 6, você está morto, mas em qualquer outro resultado, você pode continuar agindo normalmente. Você deve repetir este teste sempre que sofrer dano enquanto estiver com 0 PV.


Vítimas: quando você ataca personagens em Pânico, eles são considerados Indefesos.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Cavaleiro Quixotesco ( Novo Kit).

Exigência: Código de Honra dos Heróis, Código de Honra da Honestidade, Código de Honra do Combate, Insano: Fantasia.

Papel: Baluarte ou Atacante.



Arton é um mundo de aventureiros. Uma em cada 10 pessoas vai apresentar habilidades acima da média e seguirá a carreira de aventuras, masmorras e se sobreviver, conquistar tesouros e itens mágicos. Os outros nove indivíduos? Tornam-se fazendeiros, taverneiros, ferreiros, comerciantes ou adotam outras profissões pacatas e acabam por se resignar com essa vida, constituindo família e deixando que outros sejam os heróis a figurarem nas canções e livros. Ainda assim, Arton é um mundo de heróis, mesmo para aqueles que não foram agraciados pelos deuses com um braço forte para brandir uma espada ou intelecto dos mais aguçados para controlar os poderes do arcano, existem aqueles que depois de tanto lerem ou ouvirem na taverna sobre atos de heroísmo deixam acender em seus corações a chama aventureira e decidem abandonar suas zonas de conforto e partir mundo afora de lança em riste, montados em algum velho pangaré. Ou é uma chama aventureira ou eles simplesmente ficam de miolo mole como dizem por aí e nas tavernas toda vez que isso acontece. 

A maneira como isso acontece, não importa muito, da mesma forma que Tanna-toh olha pelos bardos, dizem que ela, juntamente com Nimb, também olha por esses “cavaleiros”. E não a quem negue ao encontrar um desses pelo caminho, o que os deuses não lhe deram em bom senso, lhes deram em boa fé e vontade de fazer o bem. 

Vencer o Inimigo Invencível. Ao enfrentar adversários mais poderosos, você pode gastar 1 rodada e 1Pm para receber um bônus de +2 na FA e na FD, ate o final do combate. 

Sofrer a tortura implacável. Uma vez por dia para cada ponto de R, você pode gastar 1 PM e ser automaticamente bem sucedido em um teste de R. 

Presença Paralisante. suas ações impressionantes deixam todos a sua volta desnorteados (ou envergonhados demais para encará-lo de frente). Você soma o dobro da sua Habilidade a seus testes de iniciativa. 

Delírio coletivo. Você acredita com tantas forças na sua ousadia e que os deuses estão do seu lado em sua propagação da justiça e incessante batalha contra o mal, que pode convencer os outros a arremeter em um ataque de carga contra aquele dragão. Mas tudo bem pode ser que os dragões sejam moinhos de vento. Após gastar um turno discursando sobre atos heroicos e tudo mais que leu nos livros, um número de aliados igual a sua Habilidade recebe os benefícios de qualquer um dos seus outros poderes de kit. Com um teste de Atuação você dobra o número de aliados afetados.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Kits Brasileiros - Bandeirante e Capitão do Mato.

Bandeirantes


Requisitos: Inimigo, Sobrevivência.

Denominam-se bandeirantes os sertanistas do Brasil Colonial, que, a partir do início do século XVI, penetraram-nos sertões brasileiros em busca de riquezas minerais, sobretudo a prata, abundante na América espanhola, indígenas para escravização ou extermínio de quilombos.
A maioria dos bandeirantes era descendente de primeira e segunda geração de portugueses em São Paulo, sendo os capitães das bandeiras de origens europeias variadas, havendo não só descendentes de portugueses, mas também de galegos, castelhanos e cristãos novos, além de alguns casos de parentescos genoveses, bascos, sarracenos, napolitanos e toscanos, entre outros. Compunham minoritariamente as tropas segmentos de índios (escravos e aliados) e caboclos (mestiços de índio com branco), normalmente chegando a, no máximo, vinte por cento do contingente total, e executando as tarefas secundárias da tropa, tal qual a manutenção dos mantimentos e cuidados dos animais de abate.

Houve três tipos de bandeiras: as de tipo apresador, para a captura de índios (chamado, indistintamente, "o gentio") para vender como escravos; as de tipo prospector, voltadas para a busca de pedras ou metais preciosos e as de sertanismo de contrato, para combater índios e negros (quilombos).

De início, eram aprisionados os índios sem contato com o homem branco. Posteriormente, passaram a aprisionar os índios catequizados, reunidos nas missões jesuíticas. Grandes bandeirantes apresadores foram Manuel Preto e Antônio Raposo Tavares, que forneciam índios às fazendas do Brasil que necessitavam de mão de obra escrava e que não contavam com suficiente quantidade de escravos negros.

Assim sendo opiniões sobre os bandeirantes são divergentes em certo ponto, já que para alguns eles são os responsáveis pelo massacre nos quilombos e extermínio de povos indígenas enquanto para outros eles são vistos como homens heroicos e corajosos, essenciais ao desenvolvimento da colônia e responsáveis pela extensão do território brasileiro.

Busca e apreensão: você recebe um bônus de +1 em sua FA quando luta com um objetivo de capturar seu inimigo vivo. Além disso, quando reduz seu adversário a 0 PVs, você pode fazer com que ele ignore qualquer resultado quase morto ou morto, ficando inconsciente em vez disso.

Crítico Aprimorado (Inimigo): quando você faz um acerto crítico contra seu Inimigo, sua Força ou PdF é triplicada (em vez de duplicada).

Desbravador: Você pode gastar 1 PM para comprar um sucesso automático em um teste de Sobrevivência, um número de vezes igual a sua Resistência.


Faro para tesouros: você é um saqueador nato, e tem um sexto sentido para encontrar baús, joias e moedas. Você pode gastar 1 PM para perceber riquezas escondidas em um raio de 100m.

Inimigo escolhido: Com uma ação de movimento você pode trocar seu Inimigo mesmo após a criação do personagem, mas só podendo alternar entre negros e índios, os adversários mais comuns dos bandeirantes.

Capitão do Mato


Requisitos: Má Fama, Crime ou Sobrevivência.

O capitão do mato era na origem um empregado público da última categoria encarregado de reprimir os pequenos delitos ocorridos no campo. Na sociedade escravocrata do Brasil, a tarefa principal ficou a de capturar os escravos fugitivos.

O termo capitão do mato passou a incluir aqueles que, moradores da cidade ou dos interiores das províncias, capturavam fugitivos para depois entrega-los aos seus amos mediante prêmio.

Os capitães do mato gozavam de pouquíssimo prestígio social, seja entre os cativos que tinham neles os seu inimigos naturais, seja na sociedade escravocrata, que os considerava inferiores até aos praças de polícia, e os suspeitava de sequestrar escravos apanhados ao acaso, esperando vê-los declarados em fuga para depois devolvê-los contra recompensa.

Nos últimos dias do regime da escravidão, em 1887-88, quando os escravos fugiam em massa das fazendas da Província de São Paulo, os chefes do Exército, ainda gozando do prestígio de combatentes da guerra do Paraguai, recusaram-se a assumir a desprezada função.

Busca e apreensão: você recebe um bônus de +1 em sua FA quando luta com um objetivo de capturar seu inimigo vivo. Além disso, quando reduz seu adversário a 0 PVs, você pode fazer com que ele ignore qualquer resultado quase morto ou morto, ficando inconsciente em vez disso.

Nunca Indefeso: você está atento ao perigo o tempo todo. Em qualquer situação em que tenha liberdade de movimento (até mesmo dormindo), você nunca é considerado indefeso.

Intuição: com um teste bem sucedido de Habilidade, um capitão do mato pode descobrir onde está alguém que ele já tenha visto antes. Essa habilidade recebe o bônus de Trabalho Sujo.

Trabalho Sujo: você não gosta do que faz, mas por algum motivo não tem escolha. Sempre que partir a caça de um escravo fugitivo que tenha cruzado seu caminho, você automaticamente recebe um bônus de H+2 em combate e testes de perícia contra ele (apenas contra ele), como se fosse seu inimigo.


terça-feira, 23 de abril de 2013

Superskrull (Novo Kit).

Exigência: Skrull, Patrono ( Império Skrull), Superpoder.


função: atacante ou tanque.


Aqueles da raça skrull que decidem servir ao império de maneira mais eficiente, se submetem a engenharia genética para possuir as habilidades de outras raças, notavelmente os superpoderes dos heróis e vilões encontrados na terra. Ao contrário dos skrulls normais, são capazes de mimetizar os poderes, memórias e conhecimentos daqueles nos quais eles se transformam.
O primeiro membro da raça a passar por esse processo foi o soldado K'lrt, que recebeu os poderes de todos os membros dos Quarteto Fantástico:força sobre-humana, pele rochosa, invisibilidade, criação de campos de força, elasticidade controle sobre as chamas. Com o sucesso do programa Superskrull, o Império criou duzias de superskrulls com os mais variados poderes. Durante a Invasão Secreta perpetrada por eles, foram a primeira linha do exército invasor.


Contra-ataque Mental: toda vez que for alvo de magias da escola Espirito ou Telepatia, você recebe um bônus de +3 em seus testes de Resistência, se bem sucedido pode utilizar a Magia Contra-ataque Mental no atacante.

Superpoder Ampliado: Sempre que utilizar seu superpoder você escolher gastar o dobro dos PMs para maximizar todas as rolagens de dados ( por exemplo 18 em 3d). Caso seja um Superpoder que use FA ou FD, será um crítico automático.

Anatomia Metamórfica: dadas suas habilidades de transformação, você pode rearranjar os lugares de seus órgãos vitais. Quando você sofre um acerto critico, pode fazer um teste de Resistência. Se for bem sucedido, o acerto critico é anulado, e você sofre apenas dano normal.


Mimetismo: Escolha 3 magias da Escola Elemental. Você pode lança-las mesmo sem possuir a vantagem Magia Elemental por seu custo normal em PMs. Para todos os efeitos , não são consideradas magias e sim superpoderes e podem receber os benefícios de Superpoder ampliado ( veja acima)

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

A Hero as Fallen ! - Heróis do DOta para 3D&T




A menos que você tenha passado os últimos dez anos isolado em uma caverna , você já deve ter ouvido falar de Warcraft, World of Warcraft ou de DoTa ( Defense of Ancients Allstar). Especialmente esse ultimo que vem ganhando cada vez mais destaque com o lançamento do DoTa 2, que veio para desenvencilhar o jogo do cenário da Blizzard, transformando esse agora em um jogo independente com uma história própria, não só para o cenário como para os famigerados heróis do jogo.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Kits para 3D&T com Temas Musicais.

Embora a Iniciativa 3D&T tenha morrido, eu venho trazer a minha contribuição ao primeiro tema da Iniciativa que foi Música. Conheçam agora duas prestige class adaptadas para 3D&T. O Cavaleiro do Coro e o Mago da Canção.


Se alguém animar de ressuscitar a Iniciativa , eu estou junto. Abraço a todos os 3D&Tistas.


Cavaleiro do Coro

Restrição: Código de Honra dos dos Heróis; Canto (especialização da Perícia Artes); Cavalgar (especialização das perícias Animais, Esportes e Sobrevivência)
Função: tanque ou atacante

Um exemplo de cavaleiro do coro.
O som e a fúria, a musica da batalha e as canções de guerra – esse elementos fazem a vida de um Cavaleiro do Coro. Os Cavaleiros do Coro são um grupo que usam a mágica das musicas para ajudar em suas batalhas. É um grupo livremente organizado sob uma ordem da cavalaria onde cada membro mantem um espírito livre e alta individualidade.
O código da ordem é simples: Proteja os oprimidos e preserve a liberdade acima de tudo. Os cavaleiros cantam e focam em sua musica, mas eles não são artistas. Eles não cantam para entreter, mas para invocar os poderes ocultos das canções. No entanto a constante pratica torna-os mais do que páreos para qualquer menestrel profissional e é uma sorte, quase uma benção poder ouvir um cavaleiro do coro em suas canções de meditação diárias.

Cavaleiros do Coro viajam sozinhos ou em pequenos grupos, apenas ocasionalmente retornando para uma das fortalezas da ordem que não raras vezes possuem um templo dedicado as divindades da música ou do conhecimento, senão ambas. Como eles raramente reconhecem autoridades locais, magistrados e executores das leis não veem sua presença com bons olhos. Entretanto o povo comum olha para eles como campeões e defensores.

Imbuir vibração. Você pode lançar a magia Aumento de Dano em seu equipamento, ou no equipamento de seus companheiros pelo custo normal em PMs, mesmo sem possuir qualquer vantagem mágica.

Ataque subjugante.  Quando faz um ataque corpo-a-corpo você pode gastar 5 PMs antes de rolar o ataque. Se fizer isso e o ataque causar dano o oponente fica Indefeso durante um turno. Criaturas com Resistência superior a sua força são imunes a esse poder.

Ataque veloz. Você pode pagar 1 PM e gastar um movimento para ganhar um ataque extra no próximo turno.


Mago da Canção

Restrição: capacidade de lançar magias; Perícia Artes.
Função: dominante ou baluarte

Criações, alguns dirão , começam com a uma simples e perfeita nota, algumas versões dizem que os deuses cantaram o mundo que seria criado a seguir. Magos da Canção tentam recorrer a esse poder e usá-los para si próprios. Como os magos tradicionais eles abandonam o estudo de armas e talentos físicos para se aprofundarem em suas artes. Para Magos da Canção, musica não é entretenimento (ainda que seja algo belo), mas um recurso de verdadeiro poder sobrenatural.
Magos da Canção costuma se reunirem em secretas (mas não necessariamente sinistras) cabalas. Entretanto a maioria das pessoas poderá vê-los sozinhos ou trabalhando em conjunto com outras profissões aventureiras. Eles tendem a se juntar a grupos de aventureiros, mas sem criar laços por muito tempo. Magos da Canção valorizam acima de tudo liberdade e criatividade.

O Silêncio é Proibido. Sempre que você for alvo da magia Silêncio ou adentrar uma área sob efeito dessa magia você pode gastar um movimento e 5 PMs para cancelá-la.

Repertório do Cancioneiro. Escolha 3 magias da Escola Elemental ( espírito), agora você pode lança-las mesmo sem atender a suas exigências pelo custo normal em PMs. Caso venha a atender suas exigência futuramente poderá lanças pela metade do custo em PMs.

Afinado com as emoções.  Sempre que você ou um de seus aliados for alvo de uma magia da escola Elemental (espírito) você pode dissipá-la automaticamente com um teste de Habilidade sem gastar PMs.

Canção Restauradora. Você pode usar um movimento e fazer um teste da Perícia Artes para fazer um aliado que possa ouvi-lo recuperar PVs igual ao dobro da sua Habilidade. Este poder pode ser usado um número de vezes igual a sua Habilidade.

sábado, 29 de setembro de 2012

Novos Kits para Magos em 3D&T - Parte 3



Continuando com as adaptações de algumas prestige class do D20 para 3D&T, chega a vez do Blood Magus, o Mago do Sangue.


sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Novos Kits para Magos 3D&T parte 2.


Depois do Adepto da Estrela verde, chega a vez de outro mago aqui nas páginas do 3D&T A Bordo, mas dessas vez um que em sua busca por poder faz algo que algumas pessoas só podem considerar como blasfêmia. E você até onde vai sua sede por poder ? Teria coragem de trocar sua própria pele em troca de mais conhecimentos arcanos ? Pois bem, o Acolito da Pele tem essa coragem e vai além dela.

Acólito da Pele

Exigência: Patrono; Ciências Proibidas, capacidade de lançar magias; realizar o Ritual da União (veja abaixo).

Função: atacante

A tentação do poder levar a algumas pessoas a atos extremos, independente das consequências.  Trocando sua própria pele por um demônio vivo é um objetivo que a maioria não consegue sequer conceber, ou muito menos considerar.
O Ritual da União é uma blasfêmia que há muito tempo atrás foi eliminada da maioria das bibliotecas arcanas, mas alguns poucos pergaminhos legíveis sobreviveram com suas promessas de grande poder. Usuários de magia que encontram um desses pergaminhos podem escolher destruí-lo ou ignorar o achado, mas a tentação já se instalou e aqueles que sucumbem a ela e terminam o ritual descrito no pergaminho, usualmente através do contato com seres extra-planares malignos, ansiosos por compartilhar seus terríveis conhecimentos.
O Ritual da União é doloroso e não deve ser tratado de forma leviana. O ritual leva 10 rodadas da sua iniciação à finalização, e uma vez iniciada, nada pode atrapalhar o processo. A essência demoníaca consome a pele do mago, um processo agonizante que causa 1 d de dado de dano em cada rodada do ritual – candidatos mais bem preparados mantêm algumas poções de cura a mão para não morrer no processo. No final do rito, a pele do acolito ostenta um brilho oleoso, quase imperceptível. Todavia a cada vez que ganha 1 Ponto de Personagem, sua pele escurece, espinhos crescem por ela, gradativamente lhe dando uma aparência demoníaca, recebendo as Desvantagem Monstruoso e Má Fama, mas sem receber pontos por elas. A essência demoníaca da pele também começa a lhe sussurrar segredos para o seu portador, levando o cada vez mais para o mal.
Um Acólito da Pele prestes a usar seu Olhar do Abismo.

Armadura Extra: Fogo. Devido a sua pele demoníaca o acolito da pele tem sua Armadura dobrada quando atacado por fogo natural ou mágico.

Olhar do Abismo. O Acólito da Pele disparada de seus olhos um raio de Energia vermelha luminosa que fustiga seus adversários atacando com FA= 1d+10. Usar esse poder consome 10 Pms.

Pele Venenosa: a pele demoníaca do acolito da pele secreta uma substancia acida e venenosa. Em termos de jogo trate que o Acolito pode usar a Vantagem Toque de Energia uma vez para cada ponto de Resistência que ele possua.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Novos Kits para Magos em 3D&T.



Vindos diretamente de um dos livros mais legais de D20 que eu li recentemente , o Complete of Arcane, apresenta alguns tipos de magos tão interessantes que eu não pude deixar de pensar em adaptá-los para 3D&T. Pois bem, aqui vai o primeiros deles , o mago que funde pedaços de um cometa magico em seu próprio corpo e vai pouco a pouco se tornando uma estatua viva, o Adepto da Estrela Verde.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Kits para Final Fantasy Tactics Advance

Dragoons

Exigência: Aceleração, F1, H1, R1. Apenas humanos ou Bangaa

Função: atacante

Dragoons são habilidosos combatentes utilizando lanças e espadas que vão na mão contraria aos famigerados Matadores de dragões. Eles não planejam caçar dragões, mas incorporar suas habilidades ao seu estilo de combate. Muitos deles usam armaduras especialmente ornadas evocar a imagem de dragões, incluindo capacetes em forma de cabeça de um dragão, chifres, projeções de asas e escamas. Dragoons são, por vezes, mais diretamente ligados aos dragões usando o como montarias e não raras vezes criando laços de amizades com eles com eles.
A assinatua dos Dragoons é o Salto, o que lhes permite saltar no ar, evitando ataques enquanto estiver no ar, e descendo depois para empalar os inimigos com sua lança ou espada.

Salto: utilizando sua Vantagem Aceleração Dragoon, você salta a mais de 10 metros caindo em seguida sobre o seu adversário atacando com FA= Fx2+H+1d. Realizar esse ataque novamente requer dois movimentos, (um para se afastar e outro para saltar).

Coração de Dragão: Gastando 2 Pms, você pode um invocar a essência dracônica que oferece F+1 e R+2 (o aumento de Resistência aumenta seu PV e PM) durante um número de turno igual a sua Resistência (após o ajuste).

Bafo de Dragão: você pode lançar a magia Explosão pelo custo normal em PMS, mesmo sem ter a vantagem Magia Elemental. Caso adquira essa vantagem, você paga metade do custo normal em PMS para lançar essa magia. 


Animista

Exigências: Raça Moogle, Doma (especialização da Perícia Animais), Instrumento musical (especialização da Perícia Artes) e Lábia (Manipulação).

Função: Baluarte.

Animistas são aqueles que aprendem a linguagem secreta dos animais utilizando seu poder primal nos campos de batalha mágicos.

Animistas podem contar com a ajuda do reino animal em batalha, e pode realmente virar a maré da batalha. A maioria das habilidades envolvem o uso dos animais para ganho pessoal, mas algumas habilidades podem prejudicar adversários. Animistas usar o poder de instrumentos musicais em sua hora de necessidade.


Amigo do Animais: você é especialmente ligado aos animais e recebe H+2 em testes da perícia Animais.

Magia Sutil: você pode escolher três magias da escola Elemental (espírito) e lançá-las pelo custo normal de PMs, mesmo sem ter a vantagem Magia Elemental. Você ainda deve atender a quaisquer outra exigências das magias. Caso adquira essa vantagem gastará apenas metade dos PMs para conjurá-las.

O Chamado: Usando seu instrumento musical e gastando 5 PMs, você pode invocar para o combate uma criatura do plano espiritual para lutar ao seu lado por uma quantidade de turno igual a sua Habilidade+2. A criatura é feita com a mesma quantidade de pontos que você e aprovada pelo mestre.



Mago do Tempo

Exigências: Ciências, Paralisia, capacidade de lançar magias. raça humana, Moogle ou Nu Mou.

Função: dominante.

Magos capazes de influenciar o fluxo do tempo com suas magias, capazes de feitos extraordinários mesmo quando se trata do uso magia. Influenciando o tempo ele podem permitir seus aliados mais movimentos e golpes em pequenos espaços de tempo ou mesmo colocar em estase temporal aqueles que pensam em lhe fazer mal. A habilidade de influenciar o tempo permite manipular o espaço e não é raro que se teleportem ou sejam capazes de flutuar para longe do combate físico, ficando a distância de onde podem lançar suas magias e influenciar o combate de maneira mais efetiva.


Controle do Tempo: Com um movimento e o gasto de 2 PMs, você influencia o fluxo do tempo causando um dos seguintes efeitos durante um número de turnos igual a sua Resistência.

• Lentidão: em qualquer adversário que lhe cause dano, fazendo com que ele possa realizar apenas uma ação ou um movimento na rodada seguinte.

• Acelerar: você escolhe um dos seus aliados que ganha os benefícios das Vantagens Ataque ou Tiro Múltiplo, podendo usá-las por seu custo normal em PMS.

• Flutuar. Manipulando o tempo e espaço você flutua, como se possuísse Vantagem Levitação.

• Teleportar. Da mesma forma que o poder flutuar, permite ao mago usar a Vantagem Teleportação.

Segunda Chance: Se não gosta do resultado de sua rolagem de dados, você pode pagar 2 PMs e rolar de novo. Você deve ficar com o segundo resultado, mesmo sendo pior que o primeiro.

Refletir Magias: Gastando 2 PMs você dobra sua Armadura para calcular sua FD quando for alvo de magias ofensivas ou ataques baseados em PdF. Se conseguir deter o ataque (Sua FD é maior que a FA do atacante), além de não sofrer nenhum dano, você devolve o ataque para o atacante com a mesma FA original. Pode ser usado um número de vezes por rodada igual a sua Habilidade.

Cavaleiro Mog

Exigências: raça Moogle, A2, Ataque Especial (Força), Código de Honra dos Heróis.

Função: Tanque ou atacante

Parece pouco provável que a raça diminuta dos moogle se engajem em combate físico brandindo espadas e vestindo armaduras pesadas, mas contrariando todas as probabilidades existem os Cavaleiros Mog, que compensam seu pequeno tamanho com bravura durante as pelejas.

Armadura Completa: seu corpo é protegido por uma armadura completa. Quando você sofre um acerto critico, pode fazer um teste de Armadura. Se for bem-sucedido, o acerto critico é anulado e você sofre apenas dano normal.

Parede de escudos: Pagando 2 Pms, você pode somar o valor da sua Armadura a Armadura de um único companheiro adjacente pelo resto do combate.

Posição defensiva: gastando um movimento, você pode adotar uma postura de defesa total. Enquanto estiver em posição defensiva, você adquire Armadura Extra contra todos os ataques, mas pode realizar apenas uma ação ou um movimento por rodada.

Ultima Charge: quando usa seu Ataque Especial, um Cavaleiro Mog pode gastar mais 2 Pms e acrescentar o efeito Perigoso ou Poderoso ao seu Ataque Especial. Essa vantagem pode ser comprada novamente pelo preço de 1 Ponto acrescentando ao Ataque Especial o outro efeito.

Vantagens Únicas Final Fantasy Tactics Advance




Viera, Banga, Moogle e Nu Mou. As raças não humanas do Final Fantasy Tactics Advance.

    

Cansado de ver os jogadores jogando sempre com os mesmos elfos, anões, halflings ? Que tal experimentar uma campanha ambientada no mundo de Ivalice da série Final Fantasy e jogar com as raças do jogo ? Em breve postarei os Kits exclusivos de cada uma dessas raças.

Viera (1 Ponto)

A raça possui características que lembram coelhos, incluindo longas orelhas e membros flexíveis. Devido aos seus pés de comprimento, Vieras usam salto-alto na maior parte do tempo. Um viera também têm um olfato aguçado, o que pode colocá-los em desvantagem contra alguns dos monstros malcheirosos de Ivalice. Vieras são sensíveis A Névoa e se eles são expostos à névoa muito, eles entram em um frenesi, conhecido simplesmente como um Frenesi da Névoa. Quando ocorrer um frenesi de névoa, uma viera pode literalmente arrebentar correntes de metal e matar guerreiros de armadura com golpes desarmados.


As orelhas do Viera não só lhes permitem ouvir a grandes distâncias, mas também permitir-lhes ouvir as vozes do mundo espiritual. Eles podem colocar essa capacidade de grande utilidade, seja para se comunicar com o mundo ao seu redor, ou para invocar monstros de outros mundos. Além disso, o viera têm cerca de três vezes o tempo de vida dos humanos. Ao contrário do que possa parece, existem machos na raça, embora eles nunca tenham aparecido em nenhum dos jogos da série Final Fantasy. 


  • Habilidade +1. 
  • Sentidos Especiais (Audição, Faro e Visão Aguçada). 
  • Tradição da Invocação. Devido a sua capacidade de ouvir as vozes dos espíritos e seres de outros mundos, Vieras gastam metade dos PMS para lançar as magias, Criatura Mágica, Encontro Aleatório, Feras de Tenebra, Invocação do Dragão, Invocação do Elemental (e suas variações), Monstros do Pântano e Nobre Montaria. 



Bangaa (2 Pontos)


São uma raça de homens-lagarto, com rostos longos, pele escamosa e membros musculosos. Devido à sua força bruta, o Bangaa são geralmente considerado como sendo o mais proeminente fisicamente de todas as raças Ivalice. Exceto por suas vozes, a sua aparência reptiliana torna difícil distinguir os sexos entre si. Para um Bangaa não existe insulto pior do que ser chamado de lagarto já que existem outros povos lagartos e essas criaturas são mais primitivas e selvagens que os Bangaas, que se ressentem com a comparação. Ao contrário de outros povos reptilianos Bangaas possuem pelos faciais. Devido a sua constituição física privilegiada, um Bangaa vive o dobro de um humano comum.


  • F+1, R+1. 
  • Sentidos Especiais (Audição Aguçada) 
  • Magia. Para Bangaas, ser um conjurador é mais difícil. Magia Branca, Elemental e Negra custam 3 pontos cada. No entanto, um Bangaa com Clericato pode comprar Magia Branca pelo custo normal (2 pontos). 

Moogle (2 Pontos)

Seres semelhantes a pequenos mamíferos humanoides com uma espécie de antena com um pompom vermelho na ponta (um órgão sensorial delicado) e pequenas asas coriáceas de morcego em suas costas. Moogle são inteligentes e diligentes, embora às vezes tenha receio de interagir com seres de outras raças, mantendo sua comunidades separadas. Devido a seu pequeno tamanho não é incomum que desenvolvam talentos para a engenharia e magia.


  • Habilidade +1. 
  • Genialidade. Moogle são engenhosos, criativos e fascinados pelas ciências. 
  • Voo. Apesar de pequenas as asas de um Moogle lhe permitem voar normalmente. 
  • Modelo Especial. Moogle não pode equipamentos e roupas feitas para outras raças, apenas armas. 



Nu Mou (3 Pontos)


São criaturas de aparência canina, com face alongadas, orelha compridas caídas com corpos compactos e roliços e possuindo caudas. Costumam apresentar um temperamento calmo que associado a um grande intelecto e predileção por contos e lendas, algo que é parte essencial da sua cultura. Com corpos e membros pequenos mal preparados paras as linhas de combate os Nu Mous aproveitam seu intelecto e longa expectativa de vida para o estudo da magia, fazendo deles magos incomparáveis.
  • Arcano. Nu Mous têm grande afinidade com magia.
  • Aptidão para Ciências e Idiomas. Para Nu Mous, cada uma dessas Pericias custa apenas 1 ponto.
  • Fobia. Nu Mous não sabem nadar e consequentemente temem grandes concentrações de água. Perto de rios, lagos e mares eles sofrem o mesmo efeito da magia Pânico se falharem e um teste de R+2. 
Print Friendly Version of this pagePrint Get a PDF version of this webpagePDF